Batom marca furto

Leandro César teve a casa invadida em dezembro: marca de batom (Viola Júnior/Esp. CB/D.A Press)

Mais uma do entorno de Brasília! Marcas de batom são deixadas em casas que foram furtadas em Valparaíso de Goiás. Leiam a reportagem no Brasília é Aqui.
Então Arquivistas de Plantão, as marcas de batom são informações arquivísticas? Como (as próprias marcas, fotos delas, outras evidências como material genético deixado na parede)? Por que? Se são informações arquivísticas como classificaríamos quanto:
a) Fundo:
b) Série:
c) Função:
d) Espécie:
e) Gênero:
f) Suporte:
Para o acervo do moradores, como seria? E considerando o acervo da polícia?
Então vamos pensar CSIs arquivistas!!!
 
 

Siga-nos por email

Seguidores